R. José Bernardino Crespo 23
Arrabal
2420-009 ARRABAL
LEIRIA

j.f.arrabal@mail.telepac.pt
telefone: 244 744 414
fax: 244 745 499

Sociedade Artística Musical 20 de Julho de Santa Margarida do Arrabal

Sociedade Artística Musical 20 de Julho de Santa Margarida do Arrabal

Rua da Filarmónica, Nº 9
2420-006 Arrabal
Leiria
Portugal

Telefone: 244 744 343


A Sociedade Artística Musical 20 de Julho de Santa Margarida do Arrabal foi fundada em 1899. Os seus primeiros Estatutos foram aprovados em 27/12/1899 pelo Governador Civil do Distrito de Leiria José de Faria Pinho Vasconcellos Soares de Albergaria, Barão do Salgueiro.

Foram seus fundadores os Senhores Luís Lopes Vieira, Presidente da Direcção, Padre João Maria D’Assis Gomes, Secretário, que na época era coadjutor do Pároco José da Silva Rosário, o Tesoureiro.

Os executantes eram em número de 25 e há conhecimento de terem existido 18 Maestros na Banda, alguns por diversas vezes, sendo o primeiro o Capitão António Fernandes Barbosa, que era regente da Sociedade Artística Musical de Leiria.

O Maestro actual é Pedro Ricardo Henriques Ferreira e exerce essa função desde Maio de 2003.

Possui sede própria desde o ano de 1956, e pretende a curto prazo construir uma nova sede, estando prevista a entrada do projecto na Câmara Municipal durante o ano de 2006.

Em 1961, esteve na origem da criação da Associação das Filarmónicas do Concelho de Leiria.

Em Maio de 1987, foi-lhe atribuída o galardão do Município pela Câmara Municipal de Leiria.

Em Agosto de 1993, foi considerada Pessoa Colectiva de Utilidade Pública pela Presidência de Ministros.

Em 2000 esteve presente na Festa do Jubileu dos Músicos.

Recentemente ajudou a fundar a Federação das Bandas Filarmónicas do Distrito de Leiria, pertencendo à Comissão Instaladora até à eleição, em Julho de 2003, da qual é Presidente da Assembleia Geral.

Desde a sua fundação, a actividade da Banda tem sido ininterrupta. Anualmente participa em dezenas de festas e outros eventos. Possui um Coro que, quando solicitado, participa nos serviços religiosos.

Organiza Encontros de Bandas e participa regularmente em Intercâmbios com outras Filarmónicas entre as quais as de Travassô, Junqueira, Castro Verde, Moura, Vila Viçosa, Pombal; Rossio ao Sul do Tejo, Ponte de Rol, Abrunheira e Maiorga.

Em 2001, participou num Intercâmbio com a banda de Santa Bárbara da ilha de São Miguel dos Açores.

É de salientar as digressões ao estrangeiro, França e Espanha.

Além da sua actividade regular, organiza outros eventos, nomeadamente passeios e noite culturais.

O ano de 1999 é o grande marco histórico da Filarmónica com a Comemoração do seu Centenário, rico em eventos culturais e recreativos, destacando-se um Sarau Musical com o Maestro António Vitorino d’ Almeida e o grupo Saxofínia, e a publicação do livro “Filarmónica do Arrabal – Cem anos de vida”, com recolhas efectuadas e que retratam a sua já longa história bem como a emissão de uma medalha comemorativa da efeméride.

O seu reportório é vasto e muito diversificado. Gravou uma cassete em 1994. Do seu espólio fazem também parte um CD gravado em 2001, ainda no âmbito da Comemoração do seu Centenário que inclui a peça “ Homenagem ao Centenário da Filarmónica do Arrabal”, do seu anterior maestro, o Sr. Paulo Figueiredo Cordeiro e em 2002 participou na gravação de outro CD intitulado “As Melhores Bandas da Região Centro”- quarta série .

Actualmente composta por 46 elementos, entre os quais 10 do sexo feminino, a Filarmónica tem em funcionamento e dá especial atenção à sua Escola de Música, na qual colaboram 10 professores de elevado grau académico e onde estão em fase de aprendizagem muitos alunos que gratuitamente, têm oportunidade de aprender Formação Musical, Música de Câmara e Instrumento. Para além dos instrumentos da banda, a Escola oferece também aulas de Órgão e Viola.